Viajar com… ‘Tandem for Peace’ – Parte 2

Lembras-te do projeto Tandem for Peace (o projecto da Bárbara Marques e do seu pai Manuel, que decidiram percorrer a Europa de bicicleta Tandem desde o Cabo da Roca, aqui em Portugal, até ao Cabo Norte, na Noruega)? Revê a conversa que tive com a Bárbara, em Agosto, a poucos dias do inicio da viagem aqui.

Passaram 4 meses desde a partida de pai e filha em direção à Noruega e, por isso, voltei a falar com a Bárbara sobre o projeto. 

DCIM100GOPRO
Tandem for Peace – por Bárbara e Manuel

Estão onde neste momento?

Neste momento estamos na Dinamarca! Decidimos fazer agora uma pequena pausa para arranjar alguns problemas técnicos que tivemos na bicicleta e também para fazer algum planeamento dos próximos tempos, uma vez que estamos no Inverno temos de ter certos cuidados que não seriam tão relevantes se estivéssemos na Primavera ou no Verão.

Passaram 4 meses desde que começou esta vossa aventura. Como está a ser a experiência?

Está a ser fantástica, claro! Algo engraçado é que, quando nos pedem para contar alguma história da viagem, só nos lembramos de histórias boas. Não quer dizer que não hajam más, temos sempre obstáculos no caminho, mas as coisas boas sobrepõem-se sempre às más e isso deixa-nos muito felizes, significa que realmente ainda há pessoas boas no mundo, e são mais que as más (são é mais silenciosas, parece-me!).

Sei que a tua irmã e a tua mãe já vos foram visitar. Precisavas dessa força para continuar?

Tanto a minha irmã como a minha mãe já nos vieram visitar e sim, precisava! Claro que falamos todos os dias mas nunca é a mesma coisa. Acho que mesmo para elas, que ficam em Portugal com o coração apertado quando não têm notícias, é muito bom poderem estar connosco e podermos matar saudades, nem que sejam só durante alguns dias.

Estão a cumprir o roteiro que tinham planeado?

Fomos fazendo algumas alterações pelo caminho. Às vezes as pessoas que conhecíamos diziam “têm de ir aqui!” ou “não podem sair daqui sem visitar este sítio!” e na grande maioria das vezes alterámos um pouquinho a nossa rota para ir aos sítios que nos recomendaram. E, por exemplo em França, o plano inicial era ir pela costa, mas um amigo de infância do meu pai que vive em Paris, quando soube que estávamos em França, fez questão que o visitássemos, por isso mudámos completamente o plano inicial para poder passar uns dias com ele e com a família dele. Já tivemos até uma senhora da Suécia, que conhecemos no caminho de Santiago em Espanha, que nos disse que quando passarmos na Suécia temos de ir a casa dela, por isso alterámos também um pouco a rota lá para a visitar!

Já passaram por quantos países? Quais?

Sete! Portugal, Espanha, França, Bélgica, Países Baixos, Alemanha e Dinamarca.

Qual foi o país/cidade que mais te surpreendeu pela positiva? E pela negativa?

Sempre que nos fazem essa pergunta temos os dois a mesma resposta: Holanda! Ficámos encantados porque as pessoas são super abertas e prestáveis, já para não falar que a mentalidade lá é maravilhosa, principalmente pela questão da sustentabilidade e da liberdade! Pela negativa… não sei se é propriamente negativo, mas mais porque foi um pouco decepcionante, para mim foi a Dinamarca! Penso que tinha demasiadas expectativas porque sempre ouvi dizer que os Dinamarqueses eram os mais felizes do mundo e quando cheguei aqui encontrei um país muito escuro e, embora as pessoas sejam simpáticas, não são de todo as mais felizes do mundo! Eles próprios dizem que não o são, mas que na altura do verão ficam melhores pessoas e mais abertas… Talvez tenha de voltar no verão para mudar de ideias.

Qual foi a tua melhor experiência, até agora, durante a viagem? Já houve algum acontecimento marcante? Alguma pessoa que vos tocou, de alguma forma?

Há uma história que contamos sempre, foi num dos nossos últimos dias em França.Nós gostamos mais das estradas de terra e secundárias, são muito mais interessantes e, claro, não têm trânsito, mas nesta situação o mais seguro é ir pelas estradas de alcatrão. No entanto neste dia decidimos ir por uma estrada de terra e de repente os pedais estancam e ouvimos um barulho esquisito como se a corrente tivesse saído do lugar. Quando olhamos para trás vemos o desviador das mudanças todo partido, a corrente toda torcida, uma confusão de arames, ferros e correntes, tudo enrolado… Na altura ficámos tão preocupados com como é que íamos sair daquela situação que nem conseguimos tirar foto ao estado das coisas, só mais tarde quando parámos é que tirámos uma foto ao desviador. Vamos publicar esta história em breve no nosso blog, mas posso dizer que algo que achámos que iria demorar uma semana ou mais a ter pronto, ficou arranjado em menos de 3 horas, consegues imaginar? Foi mesmo a situação que mais nos marcou, mas claro que temos muitas muitas histórias para contar! Imensas pessoas que, sem nos conhecer de lado nenhum, nos convidaram a ficar nas suas casas como se fossemos da família, uma família de portugueses em Bruxelas que nos recebeu de braços abertos e nos tratou com todo o carinho (ainda hoje falamos com eles!), uma senhora da Suécia e uma da Áustria que conhecemos em Espanha que nos deram as suas moradas para as visitarmos quando passarmos nesses países, entre tantas outras histórias!

Como foi o vosso Natal? 

Felizmente a minha mãe e a minha irmã puderam vir as duas passar o natal connosco. Foi uma experiência sem dúvida diferente! Tivemos a sorte de no dia 25 almoçarmos com o grupo de pessoas com quem temos passado estes dias e que nos acolheram com imenso carinho. Éramos pessoas de todo o mundo, e a comida era dos diferentes países (claro que fizemos bacalhau!) por isso foi mesmo divertido e interessante!

Não te esqueças: desde o dia 27 de Agosto de 2017 que podes acompanhar a viagem da Bárbara e do Manuel através:

Podes também contribuir, caso queiras ajudar esta causa, para a Campanha de Crowdfunding que pretende juntar 13000€, 1€ por cada km percorrido, para o projecto Living Peace.

Espreita os links (caso te tenham escapado as hiperligações ao longo do post):

Continuação de boa viagem Bárbara e Manuel!

Texto de Ricardo Lopes e Bárbara Marques

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s